terça-feira, 28 de outubro de 2014

Conselho Municipal de Cultura de Trajano de Moraes é reativado


O CMC.TMRJ - Conselho Municipal de Cultura de Trajano de Moraes, foi reativado após um longo período de paralização, no último dia 15 de outubro de 2014, em reunião no salão da Escola Estadual Alfredo Lopes Martins.

A recomposição ficou assim:

Membros da Sociedade Civil Organizada:

- Fabiana Caetano Barbosa - Abrigo Santa Terezinha (Titular)
- Carlos Augusto Afonso - AMAR (Suplente)
- Elça Maria Rodrigues - Igreja Petencostal Brasil para Cristo (Titular)
- Lenina Machado - Igreja Católica Apostólica Romana (Suplente)
- Ronaldo Montechiare Figueira - Sindicato dos Trabalhadores Rurais (Titular)
- Arnaudo Fortunato - Primeira Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Trajano de Moraes (Suplente)   

Classe Artística:

Titulares:
- Heleno Loureiro da Rocha - Músico
- Nilton César Riguete - Escritor

Suplentes:
- Guilherme Machado Mangia - Músico
- Lúcia Caetano Barbosa - Artesã


A reativação do CMC.TMRJ é de fundamental importância, principalmente pela implementação do Fundo Municipal de Cultura, pois o município poderá a receber recursos do MC - Ministério da Cultura.

Na oportunidade foram eleitos dois membros para o Conselho Escolar da Escola Municipalizada Alfredo Lopes Martins:
- Fabiana Caetano Barbosa (Titular) 
- Heleno Loureiro da Rocha (Suplente)

Também foram eleitos dois membros para a Associação de Apoio a Escola Municipalizada Alfredo Lopes Martins:
- Heleno Loureiro da Rocha (Titular)
- Fabiana Caetano Barbosa (suplente)

terça-feira, 24 de setembro de 2013

SECRETARIA DE SAÚDE LICITOU 5 KOMBIS, MAS PREFEITURA SÓ COMPROU 2 (DUAS)




Ao despedir-se do CMSTMRJ na última reunião ordinária de 29 de julho do corrente ano, o Secretário de Saúde,  Dr. Egidio Alcides Bonin de Azevedo (hoje ex-secretário) anunciou a aquisição de 05 (CINCO) Kombis para respectivamente atender ao PSF de cada um dos 05 (CINCO) distritos, além de um Voyage e uma Pick-Up para a Vigilância de Saúde.
Há rumores de que um dos motivos pelo qual o secretário saiu da Secretaria, tenha sido por pressão política por parte de alguns vereadores que não querem as Kombis nos distritos.
Deduz-se que seja
para não “atrapalhar” o atendimento assistencialista que há vários mandatos fazem aos cidadãos, no dia a dia, do “leva e traz” de pacientes para as unidades de Saúde dentro e fora do município.

O fato é que das 05 (CINCO) Kombis licitadas, apenas 2 (DUAS) foi comprada, o que vêm a acentuar a suposição acima.


O CMSTMRJ não tem nenhuma informação sobre a fonte de recursos, não participou do processo licitatório, não tem conhecimento do valor da compra, não foi apresentada à Comissão de Finanças que por sua vez não pode emitir parecer referente a aprovação desta aquisição. Tão pouco os Conselheiros Municipais foram consultados ou informados com a devida antecedência, vindo a ser informados somente “depois” de tudo feito à revelia.

A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público e a CGU-Controladoria Geral da União.
Formato para impressão:



segunda-feira, 23 de setembro de 2013

ESTAÇÃO VISCONDE DE IMBÉ - PETIÇÃO COM 413 ASSINATURAS FOI PROTOCOLADA NO MINISTÉRIO PÚBLICO



O autor da Petição "Salve a Antiga Estação Ferroviária de Visconde de Imbé", Ronaldo Montechiare, protocolou e encaminhou no dia 05 de agosto de 2013 na Tutela Coletiva de Cordeiro, no 1ª Juizado Especial Federal de Nova Friburgo, no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e na CGU - Controladoria Geral da União, documento anexado a Petição postada no site da  AVAAZ com 413 assinaturas de pessoas que compartilharam e se manifestaram em defesa da reconstrução e reforma da referida edificação. Além da Petição, existe vasta documentação registrada ao longo dos vinte e sete anos de luta pela sua reforma.

(visite o link abaixo e conheça a trajetória dos vinte e sete anos de luta pelo resgate deste importante Patrimônio Cultural do município de Trajano de Moraes)
http://www.amavitmrj.blogspot.com.br/2013/07/conheca-trajetoria-dos-vinte-e-sete.html



(veja a Petição no link abaixo)
https://secure.avaaz.org/po/petition/Salve_a_Antiga_Estacao_Ferroviaria_de_Visconde_de_Imbe/?tDUftcb


terça-feira, 30 de julho de 2013

PROJETO PRÓ-MEMÓRIA TRAJANO DE MORAES PODERÁ TER CONTINUIDADE

I Conferência Municipal de Cultura de Trajano de Moraes
Weber José Peruzzi (Diretor de Cultura) e Lohon Lage Pignone (Relator)

Aprovada por unanimidade a implantação do Projeto Pró-Memória Trajano de Moraes na I Conferência Municipal de Cultura -  Eixo Temático III, o  ex-secretário municipal de cultura, Ronaldo Montechiare protocolou no último dia 09 de julho, um documento encaminhando à Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, o Projeto Pró-Memória Trajano de Moraes, iniciado por ele durante sua gestão 2005/2007, com o intuito de contribuir com a continuidade do projeto, uma vez que não houve prosseguimento, embora tenha deixado todo o acervo ao entregar o cargo em 2007.

O acervo que compreende: biografias de trajanenses e personagens da História do Brasil que tiveram influência no município de Trajano de Moraes, pesquisa com dados estatísticos, histórico do município, das fazendas, informações dos pontos turísticos, história da ferrovia, dos prédios públicos locais, histórico de São Francisco de Paula e documentos diversos, etc, foi entregue mais uma vez ao Departamento de Cultura no formato impresso e DVD, recentemente.






quarta-feira, 19 de junho de 2013

SALVE A ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE VISCONDE DE IMBÉ


Por que isto é importante

Situada na pequena localidade de Visconde de Imbé – Trajano de Moraes-RJ - Brasil, a pequena Estação Ferroviária é um importante Patrimônio Cultural, símbolo da História local (tempos áureos do café) e um marco no desenvolvimento do município de Trajano de Moraes.
A luta da Sociedade Civil Organizada pela sua reforma já se estende ao longo de vinte e sete anos, comprovada com vasta documentação, porém tratada com absoluto descaso pelas autoridades, o que resultou no lastimável estado de conservação, não cabendo mais uma reforma e sim praticamente a sua reconstrução.
Historicamente, alguns dos nossos governantes tiveram e ainda têm a mentalidade de sucatear, demolir e destruir em nome do desenvolvimento e da modernidade.
Embora não exista mais a ferrovia, a Antiga Estação de Visconde de Imbé ainda é uma das poucas edificações que restam da extinta Estrada de Ferro Barão de Araruama (Leopoldina).

“Povo que não preserva o seu passado, não valoriza o presente e não vislumbra um futuro melhor para todos”

Para impedir a sua demolição e evitar que mais uma vez seja transferida a responsabilidade de reformá-la para o próximo gestor após quase sete consecutivos mandatos, por gentileza, assine a Petição.


Visite o site a AVAAZ, assine a petição, compartilhe nas redes sociais, peça ajuda aos seus amigos e familiares:
http://www.avaaz.org/po/petition/Salve_a_Antiga_Estacao_Ferroviaria_de_Visconde_de_Imbe/?fWoSReb&pv=8

segunda-feira, 10 de junho de 2013

SAMU doada para Trajano de Moraes há nove meses guardada em um galpão


No dia 12 de agosto de 2012, há apenas 36 dias das eleições municipais de 7 de outubro, a administração municipal "Governando com Seriedade", colocou em exposição na Praça Nilo Peçanha - Centro - Trajano de Moraes-RJ, a nova frota de veículos para o município, sendo candidato à reeleição pelo PSDB o prefeito Carlos José Gomes Souza.


Caracterizada como utilização da máquina pública para fins de campanha eleitoral, a irregularidade foi denunciada ao TRE - Tribunal Regional Eleitoral, que determinou que a prefeitura retirasse a frota do local.

foto: Unidade do SAMU - frota de veículos exposta defronte ao banco Itaú  - 30 de agosto de 2012

Dentre os veículos em exposição, lá estava uma unidade do SAMU.

foto: Unidade do SAMU doada pelo Governo Federal  - 30 de agosto de 2012

Passados mais de nove meses, a ambulância está até hoje lá dentro do galpão do Bloco Carnavalesco Unidos da Rama - Av. Castelo Branco, S/Nº - Centro - Trajano de Moraes. A população está aguardando!



 
foto: galpão do bloco carnavalesco Unidos da Rama - 12 de abril de 2013.

A Secretaria Municipal de Saúde de Trajano de Moraes  argumenta que para a Rede SAMU passe a operar é preciso que seja criada uma "Central de Regulação"  consorciada entre os municípios da região Serrana, com previsão para ser implantada em Petrópolis-RJ, objetivando atender toda a região serrana.

Embora a Secretaria Municipal de Saúde tenha informado na última reunião do Conselho Municipal de Saúde em 10 de abril do corrente ano, que está se empenhando para que a Central de Regulação seja implantada, não existe até o momento nenhuma previsão para a consolidação deste essencial serviço público.

 Esperamos que o Novo Consórcio Intermunicipal Serrano de Saúde (CISS) recém criado e aderido por nove prefeituras na reunião do último dia 06 de junho na cidade de Cantagalo-RJ, trate com a devida importância e prioridade a implantação da Central de Regulação.

http://www.tribunadaserra.com.br/index.php?pg=noticia&id=738